A Tentação de Jesus e Sua Divindade


Resposta a uma Testemunha de Jeová. Se Deus não pode ser tentado, e Jesus foi tentado pelo Diabo no deserto, isso não negaria a afirmação ortodoxa da Divindade de Cristo? Como Jesus pode ser Deus se foi tentado pelo Inimigo?

Páginas: 1 2

5 comentários em “A Tentação de Jesus e Sua Divindade

Adicione o seu

  1. Luiz veja esta passagem do Evangelho de João:

    “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam”. (João 1:1-5). O Verbo (Logos) é Cristo. Cristo é Deus, assim como Deus e o Espírito Santo. Não podemos dizer que Jesus é criatura de Deus, pois contradiz o Evangelho. Jesus é 100% humano e 100% divino, em uma só pessoa. É Deus encarnado. Veja esta passagem da Epístola de Paulo apóstolo aos filipenses: “De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai”. (Fl 2:5-11). Portanto Jesus é Deus, assim como Deus Pai e o Espírito Santo: a Santíssima Trindade.

    Curtir

  2. Excelente argumentação. Gostei muito também da forma como você usa as fontes para embasar sua linha argumentativa. Sou pastor da Igreja Metodista, e assim como outros colegas de outras denominações tenho percebido que muitas pessoas carregam dúvidas ou não dominam muito bem temas como esses, acabam sendo carregados quando abordados com questionamentos como o dos TJ’s. Mais uma vez, fico agradecido pelo seu texto. Que Deus continue abençoando!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: