Sola Scriptura no anglicanismo: o princípio positivo

Marcelo Lemos

Os cristão anglicanos falam muito sobre um tripé hermenêutico, formado por Escritura, Razão e Tradição. Os metodistas, os quais nasceram dentro do anglicanismo, acrescenta um quarto elemento: a experiência. Será que ser anglicano significa abrir mão do princípio reformado do Sola Scriptura? A resposta é não, e neste artigo aprendemos sobre o principio positivo do Sola Scriptura nos 39 Artigos de Religião.

Páginas: 1 2

O que dizer sobre o Arrebatamento Secreto?

O que dizer a respeito da Grande Tribulação? E sobre o anti Cristo? Devemos nos preparar para tais eventos? A Igreja passará pela Grande Tribulação? Nesse texto, o autor nos convida a refletir sobre esses temas a luz das Escrituras de uma forma desconhecida por muitos.

Páginas: 1 2

Báculo, Janeiro 2019

Baixe agora a edição de Janeiro da revista Báculo. Confira uma matéria especial sobre o documento Vision 2025. E saiba mais informações sobre a publicação em Portugues da liturgia da Free Church Of England.

Páginas: 1 2

O cristão pode jejuar?

Um debate em um grupo virtual girava em torno da pergunta que dá nome a este artigo: pode o cristão jejuar? Alguns argumentos apresentados contra a jejum diziam coisas como: Jesus não pede sacrifício; Jesus proibiu os cristão de fazerem votos e promessas; não podemos fazer barganha com Deus. É possível responder a isso ou o jejum, de fato, não tem lugar na nova aliança?

Páginas: 1 2

Existe uma falsa espiritualidade “cristã”?

O que é ser um homem (mulher) espiritual? É viver exclusivamente para as coisas tidas como espirituais, como a oração, o jejum, a meditação bíblica e coisas semelhantes? É não se envolver com as coisas desse “mundo”, nas expectativa do céu? Neste pequeno texto, Davi Chilton apresenta alguns insights extraídos da Carta aos Romanos para nos fazer refletir sobre o que ele chama de “ideia anti-bíblica da espiritualidade”. Não deixe de conferir.

Páginas: 1 2

Sua Igreja está no Antigo ou no Novo Testamento?

Todos os domingos milhões de pessoas comparecem às suas Igrejas locais. Superficialmente as igrejas são muito parecidas, especialmente no caso das tradições evangélicas. Contudo, podemos olhar mais de perto e notar, talvez, algumas diferenças importantes. Por exemplo, a sua Igreja está no Antigo ou no Novo Testamento? Acompanhe essa interessante reflexão.

Páginas: 1 2

Redescobrir o Antigo Evangelho

Vivemos tempos de mudanças, algumas positivas e outras não. Mudanças também acontecem na pregação da Igreja, em sua teologia e evangelismo. O Antigo Evangelho, nas palavras de John Sott, tem sido abandonado por muitos. Por qual razão é importante recuperar a antiga pregação? Acompanhe essa reflexão.

Páginas: 1 2

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑